Homem que fez esposa e criança reféns com faca é morto pela PM em Pinheiros

Um homem foi morto pela Polícia Militar de São Paulo, neste domingo (10), após fazer a esposa e uma criança reféns com uma faca, dentro do aparamento em que eles moravam, na rua Mateus Grou, em Pinheiros, bairro nobre da zona oeste de São Paulo

O que aconteceu

A Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência de cárcere privado por volta das 8h45 de hoje. As informações foram repassadas ao UOL pela SSP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo).

Testemunhas que acionaram a PM relataram aos agentes que uma mulher havia gritado pedindo socorro no começo da manhã. No local, foi constatado que um homem mantinha a esposa e uma criança reféns com uma arma branca (faca).

Não foi divulgada a idade da criança nem se ela é filha do casal. A motivação para o cárcere ainda não foi esclarecida.

Policiais do Gate (Grupo de Ações Táticas da Polícia Militar) foram acionados para ajudar no resgate. Após horas de negociação entre os agentes e o suspeito, ele se negou a liberar a mulher e houve confronto.

Na ação, o homem foi baleado e morreu no local — o óbito foi confirmado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). A vítima foi resgatada e encaminhada para ao pronto-socorro da região em estado de choque. A SSP não informou o estado de saúde dela.

Ao UOL, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) de São Paulo informou que o caso foi encaminhado ao DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). A ocorrência foi registrada como violência doméstica e morte decorrente de intervenção policial.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes