Conteúdo publicado há 1 mês

Falsa biomédica é presa em clínica clandestina no Rio de Janeiro

Uma mulher foi presa por exercício ilegal de biomedicina em uma clínica de estética clandestina no Rio de Janeiro.

O que aconteceu

Policiais chegaram até a falsa profissional após denúncias anônimas. Além de informar que a mulher não era habilitada, o denunciante disse que ela mantinha produtos vencidos armazenados na clínica, na zona oeste do Rio.

Após chegada dos policiais na clínica ontem, a suspeita admitiu que o espaço não tinha alvará. Ela também não apresentou notas fiscais dos produtos, informou a polícia.

Entre os produtos apreendidos com a mulher, havia um com fabricação, uso e venda proibidos no Brasil.

Nas redes, a falsa biomédica anunciava promoções para serviços de "lipolaser", "hidrolipoclasia", aplicação de enzima de gordura localizada.

O UOL buscou a defesa da suspeita pelo contato disponibilizado por ela nas redes sociais e aguarda retorno sobre o assunto. O caso é investigado pelo 35º DP de Campo Grande.

Deixe seu comentário

Só para assinantes