Conteúdo publicado há 1 mês

Jovem é morto com tiros à queima-roupa durante jogo de futebol no Recife

Um adolescente de 16 anos foi morto a tiros durante uma partida de futsal no Recife.

O que aconteceu

A vítima, identificada como Gabriel Justino de Souza Barros, foi alvejada com tiros à queima-roupa, disparados por um outro jovem não identificado. A ação foi registrada por câmeras de segurança da Praça do Trabalho, em Casa Amarela, na zona norte do Recife, no sábado (13).

Nas imagens, o adolescente aparece sentado enquanto acompanha ao jogo, momento em que é surpreendido pelo suspeito. O atirador fala de forma ríspida com a arma apontada para Gabriel e, em seguida, faz os disparos. As pessoas que estavam no local correm e se afastam. O atirador também fugiu sem enfrentar nenhuma resistência.

Vítima foi socorrida com vida, mas não resistiu. Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco disse que Gabriel foi levado para o Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

"Motivo banal". Ao jornal Diário de Pernambuco, familiares de Gabriel disseram que o adolescente morreu vítima de um "motivo banal", porque teria curtido fotos da namorada do suspeito em uma rede social. No entanto, as circunstâncias do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

Até o momento, ninguém foi preso. O corpo de Gabriel Justino de Souza Barros foi velado e sepultado nesta segunda-feira (15), no cemitério de Santo Amaro, na região central do Recife.

Deixe seu comentário

Só para assinantes