PUBLICIDADE
Topo

Itirapina (SP): Dona Graça (PSDB) é eleita prefeita

Do UOL, em São Paulo

15/11/2020 08h45

Itirapina (SP) tem uma nova prefeita. Com 100% das urnas apuradas, Maria da Graça Zucchi Moraes (PSDB), 68, foi eleita para o cargo ao receber 50,61% dos votos válidos, um total de 2.929 votos, no pleito deste domingo (15).

Como Itirapina tem menos de 200 mil eleitores, a eleição municipal não tem segundo turno.

Fabio Belarmino da Silva (PSL) que ficou em segundo, com 45,05%, seguido por Adelson Aparecido Sampaio (PT), 4,34%.

Do total de votantes, 231 eleitores (2,94%) votaram em branco, enquanto outros 267 (3,40%) anularam o voto. O número de eleitores que não votou foi de 2.141, equivalente a 21,44% do eleitorado. A soma de brancos, nulos e abstenções é de 2.639, ou 26,43% dos aptos a votar.

A Câmara de Vereadores de Itirapina também teve seus representantes escolhidos para os próximos quatro anos na eleição deste domingo. Os partidos que mais elegeram candidatos foram o PSDB, com 5 vereadores, e o MDB, com 3 representantes (confira a lista completa abaixo).

Confira os votos para a prefeitura:

  • Maria da Graça Zucchi Moraes (PSDB) - 2.929 votos - 50,61%
  • Fabio Belarmino da Silva (PSL) - 2.607 votos - 45,05%
  • Adelson Aparecido Sampaio (PT) - 251 votos - 4,34%

Confira todos os vereadores eleitos:

  • Fernando Romero Olbrick (PSDB) - 385 votos - 5,23%
  • Ricardo Alexandre Baldissera (MDB) - 311 votos - 4,23%
  • Claudete de Oliveira (PSDB) - 278 votos - 3,78%
  • Marcelo Rizzo (MDB) - 236 votos - 3,21%
  • Rodrigo Augusto da Silva Rodrigues (PSDB) - 202 votos - 2,75%
  • Ivanir Pedro Santini (MDB) - 196 votos - 2,66%
  • Elisabete de Oliveira Silva (PSDB) - 190 votos - 2,58%
  • Gabriel Ferreira Gobbi (PSDB) - 190 votos - 2,58%
  • Luciano Pereira Batista (Republicanos) - 143 votos - 1,94%
  • Charleston de Oliveira Leite (PL) - 138 votos - 1,88%
  • Luciano Rodrigo Fernandes de Almeida (PSL) - 127 votos - 1,73%

O segundo turno é realizado nas cidades com mais de 200 mil eleitores em que um candidato não atingiu a maioria simples (50%+1) dos votos válidos no primeiro turno.

Este conteúdo foi gerado com dados do TSE pelo sistema de produção automatizada de notícias do UOL.