PUBLICIDADE
Topo

Joinville: 2º turno tem Darci de Matos (PSD) e Adriano Bornschein (Novo)

Darci de Matos (PSD) termina primeiro turno à frente em Joinville (SC) - Fábio Queiroz/Agência ALESC
Darci de Matos (PSD) termina primeiro turno à frente em Joinville (SC) Imagem: Fábio Queiroz/Agência ALESC

Hygino Vasconcellos

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

16/11/2020 00h00Atualizada em 16/11/2020 01h14

O deputado federal Darci de Matos (PSD) enfrentará o empresário Adriano Bornschein Silva (Novo) no segundo turno das eleições para a Prefeitura de Joinville. Matos já foi vereador pela cidade e Bornschein atua na área da indústria farmacêutica. Os dois lideraram disputa que teve outros 13 candidatos na cidade catarinense.

O candidato do PSD obteve 25,30% dos votos, enquanto o rival recebeu 22,98%, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Fernando Krelling (MDB) acabou na terceira colocação com 18,50%.

Dessa forma, o atual prefeito Udo Döhler (MDB), não fará seu sucessor. Ele ocupou o posto por dois mandatos. Fernando Krelling, que se lançou pelo MDB em coligação com outros cinco partidos, não chegou ao segundo turno.

Döhler venceu Darci na eleição para prefeito de 2016, que também teve dois turnos. Dessa vez, o deputado e ex-vereador se coligou com outros três partidos. Seu vice é Rodrigo Facchini, do PSDB. Já o Novo optou por uma chapa pura, com a jornalista Rejane Gambin como vice.

Com quase 600 mil habitantes, Joinville é uma das 95 cidades do país que possuem ao menos 200 mil eleitores e podem decidir a votação em segundo turno, caso necessário.