PUBLICIDADE
Topo

Califórnia (EUA) bane terapia que tenta converter adolescentes gays

Do UOL, em São Paulo

01/10/2012 09h37

O Estado da Califórnia foi o primeiro nos Estados Unidos a banir, por lei, a terapia que visava curar e converter adolescentes gays. A lei foi assinada pelo governador Jerry Brown no final de semana, e entra em vigor em 1º de janeiro de 2013.

Conhecida como terapia de conversão ou reparativa, a prática fica proibida para qualquer pessoa menor de 18 anos.

No documento que bane a terapia, Brown assinala que "ela não tem nenhuma base científica". A decisão do Estado recebeu o apoio de diversas associações de saúde da Califórnia.

Algumas organizações continuam a usar aconselhamento e oração para tentar ajudar os cristãos em conflito a negar inclinações homossexuais. Para ativistas dos direitos gays, tal prática pode trazer danos aos indivíduos, levando-os à depressão e ao suicídio.

"Estamos gratos ao governador Brown por ficar ao lado dos jovens da Califórnia", disse a ONG Human Rights em um comunicado. "A comunidade de jovens LGBT agora está protegida de uma prática que não só foi desmascarada pela ciência como um lixo, mas trouxe efeitos negativos ao bem estar desses jovens".

Grupos conservadores e religiosos argumentaram que banir a terapia impede que alguns pais ofereçam ajuda psicológica aos adolescentes que estiverem passando por momentos confusos no que diz respeito à sexualidade.

O senador democrata Ted Lieu, um dos apoiadores da lei, disse que a nova legislação vai "impedir que as crianças sofram abusos psicológicos". (Com Associated Press)

Internacional