Topo

Snowden consegue emprego como "analista de suporte" na Rússia

Do UOL, em São Paulo

2013-10-31T10:45:08

31/10/2013 10h45

O responsável por ter vazados vários documentos secretos da inteligência norte-americana que revelaram, entre outras coisas, que os EUA estavam espionando líderes mundiais como a presidente Dilma Rousseff, está de emprego novo. Edward Snowden, atualmente vivendo na Rússia como asilado político, vai trabalhar como analista de suporte de um site russo.

A informação foi divulgada pelo advogado do americano, Anatoly Kucherena. Em entrevista a agência de notícias russa "RIA Novosti", Kucherena contou que Snowden vai começar a trabalhar na sexta-feira (1º).

O advogado não revelou o nome da empresa que contratou Snowden. Apenas contou que se trata de "um grande site russo".

Snowden, 30, recebeu asilo político na Rússia em agosto, após ter ficado mais de um mês no aeroporto de Moscou, vindo de Hong Kong. O local exato onde o americano vive permanece um segredo.

O ex-técnico da CIA e da Agência de Segurança Nacional (NSA) enfrenta acusações de espionagem nos EUA por ter revelado o esquema de vigilância em massa da NSA.

A concessão de asilo a Snowden causou um atrito diplomático entre os EUA e a Rússia, já que Washington desejava que ele fosse repatriado para ser julgado por traição. O asilo, concedido no começo de agosto, poderá ser renovado anualmente.

O presidente russo, Vladimir Putin --ex-espião da KGB-- disse repetidamente, antes da concessão do asilo, que a Rússia só acolheria Snowden se ele parasse de fazer revelações nocivas aos EUA.

Mas a decisão de protegê-lo parece reforçar as acusações de Putin de que o governo dos EUA não garante os direitos e liberdades que exige de outros países. O presidente russo nega que os seus serviços de inteligência tenham tentado arrancar informações de Snowden, e Kucherena disse que o norte-americano leva uma vida relativamente normal, diante das circunstâncias.

Na quinta-feira, o site de um tabloide russo publicou uma foto que disse ser de Snowden durante um passeio de barco em Moscou. Antes, o mesmo site havia publicado uma foto de um homem que parecia ser Snowden, empurrando um carrinho de supermercado em um estacionamento. (Com AP e Reuters)

Mais Internacional