Bélgica prende seis pessoas por ligação com os atentados em Bruxelas

Do UOL, em São Paulo

  • NICOLAS MAETERLINCK/AFP/Belga

Seis pessoas foram presas nesta quinta-feira (24) em uma série de operações policiais realizadas em Bruxelas, capital belga alvo de atentados na terça que deixaram pelo menos 30 mortos e mais de 300 feridos.

Todos foram presos por ligação com os ataques terroristas contra uma estação de metrô e o aeroporto internacional da cidade. Segundo a Procuradoria da Bélgica, três dos suspeitos foram detidos no centro de Bruxelas, praticamente "na porta da Procuradoria". As outras prisões foram em Jette e em Schaerbeek, de onde partiu na terça o táxi com o trio de extremistas que atacou o aeroporto.

Não há informações sobre a possibilidade de os dois procurados pelos ataques estarem entre os presos desta quinta-feira.

Em nota, a Procuradoria afirma que será decidido nesta sexta-feira se todos permanecerão detidos.

Até o momento, autoridades acreditam que cinco pessoas participaram dos atentados. Três delas estão mortas e foram identificadas como os irmãos belgas Ibrahim e Khalid El Bakraoui e Najim Laachraoui, apontado como o fabricante das bombas usadas nos atentados em Paris. Dois homens, um dos que aparece nas imagens do aeroporto e outro que participou do ataque ao trem, estão foragidos.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos