Cameron compara adversário a personagem do Monty Python e arranca gargalhadas

Do UOL, em São Paulo

O político sofre derrota e renuncia ao cargo. Lágrimas? No Reino Unido, não. No plenário do parlamento britânico nesta quarta-feira (13), o que se viu foi um clima descontraído sem deixar a política de lado.

Na última participação de David Cameron como primeiro-ministro na sessão de perguntas na Câmara dos Comuns, o político conseguiu aplausos dos deputados britânicos. Em um dos momentos de descontração, Cameron, que é do Partido Conservador, deu uma cutucada no adversário político Jeremy Corbyn, do Partido Trabalhista.

Cameron comparou Corbyn ao cavaleiro negro do filme "Monty Python em Busca do Cálice Sagrado". Ele começou com delicadeza, dizendo que admira a tenacidade do trabalhista. E então, veio a ironia: "Ele me lembra o cavaleiro negro de 'Monty Python em Busca do Cálice Sagrado'. Ele é chutado tantas vezes, mas continua dizendo que é apenas uma ferida na carne".

Para quem não lembra ou não viu a cena do filme, aqui está um trechinho a que se refere Cameron:

 

A referência se deve ao que Cameron acredita ser a insistência de Corbyn em se manter como líder do Partido Trabalhista. No final de junho (dia 29), Cameron se referiu a Corbyn com tom irritado durante sessão parlamentar. Na época, Cameron, fez um apelo para que o líder do Partido Trabalhista renunciasse ao cargo em nome "do interesse nacional".

"Está nos interesses do meu partido que Corbyn esteja sentado lá [na oposição], mas não faz parte dos interessas nacionais. Por isso eu digo: pelo amor de Deus, homem, vá embora" disse Cameron.

Hoje, Cameron se mostrou mais relaxado quando se voltou contra seu adversário político. "Nós dois andamos lidando com eleições pela liderança. Nós (conservadores) fomos adiante: tivemos uma renúncia, uma indicação, uma competição e uma coroação. Eles ainda nem decidiram quais são as regras", disse.

"Se eles algum dia chegarem ao poder, levarão cerca de um ano para resolver onde cada um irá se sentar."

Corbyn abriu mão de uma das seis perguntas a que tinha direito para homenagear Cameron, Corbyn lhe pediu para agradecer à sua mãe pelas dicas de moda --uma brincadeira referente a uma discussão acalorada na qual Cameron disse que sua mãe gostaria que Corbyn, frequentemente desleixado, "colocasse um termo decente, ajeitasse a gravata e cantasse o hino nacional".

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos