Trump sugeriu ao FBI prender jornalistas que divulguem segredos, diz NYT

Do UOL, em São Paulo

  • Yuri Gripas/ Reuters

    O presidente dos EUA, Donald Trump, acena ao deixar a Casa Branca, em Washington

    O presidente dos EUA, Donald Trump, acena ao deixar a Casa Branca, em Washington

O presidente dos EUA, Donald Trump, sugeriu ao ex-diretor do FBI, James Comey, a prisão de jornalistas que divulgassem informações confidenciais, segundo o jornal "The New York Times".

Após reunião que aconteceu no dia 14 de fevereiro, no salão oval da Casa Branca, Trump e Comey voltaram a ficar a sós e tiveram uma conversa, a mesma em que ele pediu para o ex-diretor do FBI que colocasse fim nas investigações sobre os laços entre Michael Flynn e autoridades russas, onde o presidente dos EUA condenou o vazamento de informações confidenciais dizendo a Comey para "considerar prender os jornalistas que divulgassem informações confidenciais", segundo uma fonte ligada a Comey.

James Comey foi demitido na semana passada.

Nos últimos meses, o presidente dos EUA atacou a imprensa americana dizendo que são espalhadas notícias falsas sobre o seu governo e chegou a cogitar o fim das conversas diárias de seu porta-voz com a imprensa em publicações no Twitter.

Segundo reportagem do Slate, Trump talvez tenha poder para barrar jornalistas que tentem publicar informações confidenciais, apesar de a primeira emenda da Constituição americana estabelecer fortes proteções para a imprensa. De acordo com Trevor Timm, entrevistado do Slate e diretor da Fundação de Liberdade de Imprensa, "nos últimos 40 e 50 anos, todas os casos importantes envolvendo segurança nacional e política externa foram noticiados nos jornais contendo informações confidenciais. Se os jornalistas forem considerados criminosos por publicar esse tipo de informação, é como se a existência do jornalismo fosse algo fora da lei". 

Trump não é o primeiro presidente a comprar briga com a imprensa. Em 1971, a administração do governo Nixon não conseguiu proibir a publicação dos papéis do Pentágono e o escândalo culminou em sua renúncia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos