Tsunami deixa feridos, destrói casas e provoca evacuação na Groenlândia

Do UOL, em São Paulo

O litoral oeste da Groenlândia foi parcialmente evacuado neste domingo (18) devido às ondas gigantes que destruíram pelo menos 11 casas e deixaram quatro pessoas desaparecidas, segundo o chefe da polícia, Bjørn Tegner Bay. Duas pessoas sofreram ferimentos graves e outras sete tiveram ferimentos leves.

Por ora, não há confirmação de mortes.

No momento do tsunami, 101 pessoas viviam na vila Nuugaatsiaq, atingida pelas ondas. Parte da população foi levada para Uummannaq.

Um terremoto de magnitude 4 registrado no sábado em uma ilha do litoral oeste situado ao norte do círculo polar ártico originou as ondas violentas.

A meteorologista Trine Dahl Jensen disse à agência de notícias dinamarquesa Ritzau que não é normal um tremor dessa magnitude atingir a Groenlândia. Ela teme que haja réplicas.

Os serviços de emergência foram acionados por volta das 22h15, horário local (21h15, no horário de Brasília) com relatos de grande inundação em uma vila. Há relatos de que as ondas atingiram ainda outras duas vilas.

Alguns habitantes postaram imagens nas redes sociais que mostravam como as ondas se precipitavam contra as construções.

Território autônomo da Dinamarca, a Groenlândia, a maior ilha do mundo sem contar a Austrália, tem 55.000 habitantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos