O. J. Simpson, réu do julgamento do século, sai da prisão nos EUA

Do UOL, em São Paulo

Réu do "julgamento do século", O. J. Simpson foi libertado neste domingo (1º) de uma prisão em Nevada, onde está preso desde 2008 por assalto a mão armada. No entanto, seus planos são incertos.

O ex-jogador de futebol americano, Simpson foi liberado Centro Correcional Lovelock, ao norte de Nevada, disse a porta-voz das prisões estaduais, Brooke Keast, à agência Associated Press. Ela disse que não conhecia o motorista que levou Simpson após sua liberação e não sabia onde Simpson estava imediatamente em suas primeiras horas de liberdade.

"Eu não tenho nenhuma informação sobre onde ele está indo", disse Keast, que assistiu enquanto Simpson assinava documentos e foi solto.

Simpson, 70 anos, conseguiu obter liberdade condicional, em julho, após nove anos atrás das grades, em uma audiência que não levou em consideração o julgamento dos anos 90, pelo assassinato de sua ex-mulher Nicole Brown e do seu amigo, Ron Goldman.

A antiga estrela do futebol americano, ator de televisão e garoto-propaganda, apelidado de "The Jucie" durante sua carreira de atleta, foi considerado inocente, em 1995, após um julgamento que durou 13 meses, em Los Angeles, e foi televisionado diariamente, hipnotizando boa parte da nação.

Uma corte civil o considerou culpado pelas mortes e o ordenou a pagar US$ 33,5 milhões em danos às famílias das vítimas, uma decisão que ainda está longe de ser cumprida.

É incerto o destino final da ex-estrela do esporte. O. J. Simpson afirmou a membros da comissão de condicional que espera se mudar para a Flórida, onde tem amigos e família, um plano que precisa ser aprovado pelas autoridades do Estado. (Com Reuters e AP)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos