Sul-coreanos simpatizam com Kim Jong-un, e alguns até acham o líder "bonitinho"

Do UOL, em São Paulo

  • Ahn Young-joon/AP

    Pessoas assistem à transmissão ao vivo do encontro entre os líderes da Coreia do Sul e Coreia do Norte

    Pessoas assistem à transmissão ao vivo do encontro entre os líderes da Coreia do Sul e Coreia do Norte

Sul-coreanos assistiram, na sexta-feira (27), o líder norte-coreano Kim Jong-un, que eles normalmente só veem em imagens editadar na TV, atravessar a fronteira e discursar ao vivo, sem nenhum tipo de filtro, para todo o país.

Em todos os lugares, sul-coreanos fizeram uma pausa na rotina para observar Kim, o primeiro líder norte-coreano a visitar o território do Sul. As grandes redes de televisão da Coreia do Sul cancelaram a programação habitual para transmitir o encontro entre Kim e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in.

"Eu não posso acreditar que estou ouvindo a voz de Kim Jong-un. Alguém que eu só vi como foto no computador está falando agora", tuitou a sul-coreana Lee Yeon-Su.

Para os sul-coreanos, foi uma mudança dramática, já que o Ato de Segurança Nacional proíbe os cidadãos de acessar qualquer tipo de conteúdo pró-Coreia do Norte. Os sites da agência oficial de notícias norte-coreana e do jornal oficial Rodong Shinmun são bloqueados na Coreia do Sul, sob possibilidade de prisão para quem furar a proibição.

Por isso, o encontro de sexta-feira foi uma rara oportunidade que os sul-coreanos tiveram de ver Kim sem cortes e edições. As imagens fizeram os moradores do Sul especularem sobre diversos aspectos da vida do líder norte-coreano. Alguns, até mesmo, acharam Kim bonitinho.

"A maioria dos sul-coreanos provavelmente ouviu a voz dele pela primeira vez. Eu achei sua maneira de falar amigável, como um indivíduo que vive ao lado", disse Ryu Seok-woo, um repórter de um canal de TV local que não cobriu o encontro.

Para muitos, Kim falou de maneira monótona em seu primeiro discursos. Eles acham que o líder norte-coreano nunca foi interrompido enquanto fala.

Kim fez uma brincadeira sobre a distância entre os dois países. Seus comentários viralizaram nas redes sociais sul-coreanas, para a surpresa de muitos.

Kim Jong-un é o 1º líder norte-coreano a pisar na Coreia do Sul

"Achei que ele tem senso de humor. Ele é certamente diferente da geração de seu pai", disse o sul-coreano Lee Seung-won. "Achei que nunca veria uma cena assim antes de morrer."

Outro assunto recorrente entre os sul-coreano foi a saúde de Kim. Acima do peso, o líder norte-coreano parecia ofegante quando foi escrever uma mensagem no livro de visitantes.

Entre comentários sobre as piadas e os sorrisos de Kim, muitos simpatizaram com ele.

"Ele estava tão diferente do que eu vi nas notícias no passado. Ele parecia amigável. Eu achei que ele parecia um ursinho de pelúcia", disse Yang Hae-ra, que assistiu ao encontro ao vivo em seu celular.

Claro que comentários assim despertaram a ira de muitos nas redes sociais que lembraram que Kim, na verdade, é um líder autoritário de um país ainda em guerra. (Com AP)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos