Iniciada operação de resgate de grupo preso em caverna na Tailândia

Do UOL, em São Paulo

As autoridades tailandesas informaram que está em andamento a operação de resgate dos 12 garotos e seu treinador presos há 15 dias em uma caverna no país.

As equipes de resgate entraram na caverna às 10h deste domingo (8) no horário da Tailândia (0h no Brasil). Segundo o site do jornal "The Guardian", 13 mergulhadores estrangeiros e cinco da Marinha tailandesa estão envolvidos na missão.

Pouco depois da entrada da equipe na caverna, a Marinha tailandesa postou em sua página no Facebook uma foto com os dizeres: "Nós, a Marinha tailandesa, junto com a equipe internacional de mergulhadores, estamos prontos para trazer o time de futebol para casa!".

Facebook da Marinha da Tailândia via AP
Foto da marinha tailandesa, na qual estariam três dos cinco mergulhadores do país que integram a missão de resgate, ao lado de 13 mergulhadores estrangeiros
"Hoje estamos mais prontos. Hoje é o dia D", disse Narongsak Osatanakorn, ex-governador da província de Chiang Rai, que está dirigindo a operação de resgate.

"As crianças são muito determinadas e alto astral. Todas foram informadas sobre a operação e estão prontas para sair", completou.

Se tudo correr como o previsto, o primeiro garoto resgatado deve deixar a caverna ainda por volta das 21h deste domingo no horário local (11h no Brasil).

Leia também:

A princípio, o grupo não teria que mergulhar. "Embora existam algumas partes um pouco difíceis, nas quais temos que nos curvar ou engatinhar, é possível dizer que podemos apenas atravessar", disse Narongsak.

Segundo ele, isso seria possível porque as equipes conseguiram reduzir o nível da água dentro da caverna em 30 cm.

Posteriormente, cerca de cinco horas depois do início do resgate, o governo tailandês publicou um gráfico detalhando como cada criança será resgatada:

1. Dois mergulhadores vão acompanhar cada menino, que usará máscaras de oxigênio e estará atado a um deles pela cintura.

2. O trio será guiado por uma corda.

3. Em passagens estreitas, os mergulhadores deverão soltar os tanques de suas costas e rolá-los lentamente enquanto guiam o garoto. Assim, os meninos nunca estarão sozinhos, como se temia anteriormente.

4. Eles, então, caminharão da câmara 3, que foi drenada, até a entrada da caverna em que o grupo entrou, em 23 de junho.

Segundo Narongsak, os socorristas ensaiaram nos últimos três a quatro dias o trabalho de resgate com tanques de oxigênio. "Nós até praticamos com um garoto de verdade. Garanto-lhes que estamos muito prontos nesta missão", disse o porta-voz.

Narongsak explicou também que não há previsão de término da operação. "Depende do tempo, depende dos níveis da água. Se algo mudar, nós paramos. Mas espero que a operação termine dentro dos próximos dias", disse, em entrevista coletiva.

Em cada viagem para a caverna onde estão os jovens, os mergulhadores têm que atravessar cerca de 1,7 quilômetro de passagens estreitas entre visibilidade nula e correntes de água, partindo de um posto provisório no interior da caverna, em um percurso que, entre ida e volta, leva cerca de 11 horas.

Médicos e membros da equipe da saúde foram colocados dentro e nas proximidades da caverna para proceder diante de uma possível transferência de emergência do grupo, disse Narongsak.

Segundo o "Guardian", os acessos ao hospital Prachanukroh, para onde devem ser enviados os resgatados, foram fechados, para facilitar o acesso das equipes. O hospital fica a 57 km da caverna.

Logo no início da manhã deste domingo, noite de sábado no Brasil, pessoas consideradas não essenciais, como alguns voluntários e membros da imprensa, foram evacuadas do local, ficando apenas as equipes de mergulho, médicos e forças de segurança.

De acordo com o "Bangkok Post", fontes do governo afirmam que o primeiro-ministro da Tailândia, Prayut Chan-Ocha, deve chegar a Chiang Rai amanhã à tarde para supervisionar o esforço de resgate e se encontrar com as famílias dos garotos.

Os 12 meninos e seu treinador de futebol têm uma janela de dois a três dias para serem resgatados. Isso porque a previsão é de fortes chuvas nos próximos dias, o que pode dificultar a operação de resgate e até mesmo alagar a região da caverna onde eles aguardam socorro.

Eles exploravam o local em 23 de junho para comemorar o aniversário de um dos garotos do time quando foram surpreendidos pela inundação da caverna devido a forte chuva. No dia 2 de julho, mergulhadores britânicos conseguiram chegar pela primeira vez até eles.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos