PUBLICIDADE
Topo

Trump, Fifa, reis da Espanha: mundo inteiro celebra, e garotos da Tailândia viram hit mundial

"Bem-vindos, garotos", diz cartaz instalado na Tailândia após anúncio de que eles estão vivos - TYRONE SIU / Reuters
"Bem-vindos, garotos", diz cartaz instalado na Tailândia após anúncio de que eles estão vivos Imagem: TYRONE SIU / Reuters

Do UOL

Em São Paulo

10/07/2018 12h31

De time "de várzea" a personalidades internacionais, os "Javalis Selvagens" foram celebrados mundo afora mal viram a luz do dia. O resgate dos 12 garotos, mais o técnico do time, foi comemorado por chefes de Estado e organizações de diversas partes do planeta nesta terça-feira (10).

"Em nome dos Estados Unidos, parabéns às forças armadas tailandesas e a todos pelo resgate bem-sucedido de 12 garotos e de seu técnico da caverna traiçoeira na Tailândia. Que momento bonito - todos liberados, excelente trabalho!", postou no Twitter Donald Trump:

A Casa Real da Espanha destacou o trabalho do compatriota Fernando Raigal, "que trabalhou sem descanso em um resgate memorável". O tuíte real também prestou condolências ao mergulhador que morreu na semana passada, depois de levar tubos de ar aos garotos:

A Fifa demonstrou "grande alegria com a notícia do resgate dos 12 jovens jogadores de futebol e seu técnico", mas lamentou que os garotos não poderão assistir à Final da Copa da Rússia - eles haviam sido convidados, mas não poderão ir, uma vez que precisam passar por exames médicos.

Hooyah!

O grito de guerra da marinha tailandesa, "Hooyah", foi incorporado ao vocabulário mundial nesta terça-feira. Jornais em inglês, como o britânico The Guardian, e o The Daily Telegraph adotaram a palavra: