PUBLICIDADE
Topo

Após furacão Florence, americana é presa por tratar animais sem diploma de veterinária

Tammie Hedges foi presa por prática ilegal da medicina veterinária  - Divulgação
Tammie Hedges foi presa por prática ilegal da medicina veterinária Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/09/2018 16h33

Uma americana foi presa após cuidar de 17 gatos e dez cachorros depois da passagem do furacão Florence pela costa da Carolina do Norte, nos Estados Unidos. Tammie Hedges foi acusada de prática ilegal da medicina veterinária por ter dado medicamento a alguns dos animais.

A moradora do condado de Wayne, na Carolina do Norte, foi detida na última sexta-feira (21). Ela abrigou os animais durante a passagem do furacão, já que os donos precisaram evacuar de suas casas e não tinham onde deixar seus bichos.

Hedges, que é dona de um centro de resgate de animais, está tentando obter uma licença para transformar um galpão em um abrigo para bichos. Ela usou o local para abrigar os cães e gatos durante o furacão. No entanto, como o imóvel ainda não está legalmente apto para funcionar como abrigo, ela também foi multada.

“Os donos precisaram evacuar de suas casas, eles conseguiram se salvar. Mas iria salvar esses animais? Foi o que fizemos. "Nós os salvamos”, disse Hedges em entrevista ao jornal “USA Today”.

Segundo Hedges, um casal de idosos deixou 18 animais sob os cuidados dela. Alguns bichos estavam doentes e precisavam de cuidados.

Na semana passada, depois da passagem do Florence, Hedges recebeu uma ligação do Centro de Controle Animal do Condado de Wayne. Ela foi obrigada a entregar os cães e gatos ao órgão público.

Dias depois, ela foi convocada para prestar depoimento e acabou detida. Hedges vai responder a 12 acusações de prática ilegal da medicina veterinária por administrar remédios como amoxicilina em alguns dos animais.

Ela alega que não conseguiu levar os animais ao veterinário porque, obviamente, todos os consultórios estavam fechados por causa do furacão.

Os voluntários que ajudaram Hedges na missão de salvar os animais ficaram frustrados e chocados com a ação do Centro de Controle Animal do Condado de Wayne.

Hedges conta que os animais seriam devolvidos aos donos após o furacão. Agora, como estão sob os cuidados do Centro de Controle Animal do Condado de Wayne, caso o poder público não consiga encontrar os donos, os cães e gatos serão levados a um abrigo público e podem, até mesmo, serem sacrificados.

Procurado, o condado de Wayne afirmou que o caso está sendo investigado por um promotor e que Hedges é “inocente até que o contrário seja provado”. A nota ainda diz que os animais foram cuidados por um veterinário e que seus donos estão sendo procurados.