PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Cãozinho sobrevive a tentativa de eutanásia nos Estados Unidos

Rudolph sobreviveu a uma tentativa de eutanásia e foi adotado - Divulgação
Rudolph sobreviveu a uma tentativa de eutanásia e foi adotado Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

27/01/2019 04h01

Um cachorrinho sobreviveu a uma tentativa de eutanásia, em Oklahoma, nos Estados Unidos. Rudolph é um filhote de cerca de oito meses que seria morto, porque o abrigo de animais onde vivia estava superlotado. 

Ele chegou a receber uma injeção com drogas que, supostamente, seriam letais para ele. No entanto, de acordo com um grupo ativista, o veterinário responsável pela injeção percebeu que Rudolph permanecia vivo. 

O cãozinho acabou enviado a um abrigo em Davenport, no Estado americano de Iowa, após o incidente. 

"Deus tinha planos diferentes porque acordou. E ainda bem que o veterinário ainda afirmou que nunca mais dará injeções letais em cachorros", afirmou o grupo King's Harvest Pet Rescue No Kill no Facebook. 

Depois que a história foi divulgada, Rudolph recebeu vários pedidos de adoção, até que achou uma família onde vai viver de agora em diante. 

"Foi uma decisão difícil com tantos pedidos maravilhosos, mas Rudolph se apaixonou por um jovem rapaz e o sentimento foi mútuo", dizia um post no Facebook.

Internacional