Topo

Após discussão, americana paga gorjeta de US$ 5.000 com cartão do namorado

Serina Wolfe foi presa após usar cartão de crédito do namorado para dar gorjeta de US$ 5.000 a garçonete - Reprodução/Mail Online
Serina Wolfe foi presa após usar cartão de crédito do namorado para dar gorjeta de US$ 5.000 a garçonete Imagem: Reprodução/Mail Online

Do UOL, em São Paulo

17/09/2019 15h23

Um norte-americana decidiu se vingar de uma discussão com o namorado atacando o bolso do rapaz. De acordo com o site "Mail Online", Serina Wolfe, 24, e Michael Crane, 29, passavam férias na Flórida quando começaram discutir porque a moça queria voltar para casa, em Bufalo (Nova York).

Com a recusa de Crane em comprar os bilhetes de última hora, Wolfe decidiu se vingar dando uma gorjeta de US$ 5.000 (cerca de R$ 20,5 mil) para a garçonete de um restaurante onde jantou sozinha. A conta foi paga por ela com o cartão de crédito do namorado. O jantar custou US$ 55,37 (R$ 227).

Ao perceber a gorjeta generosa, Crane avisou a operadora do cartão de crédito, mas a transação já havia sido aprovada. Ele, então, fez uma denúncia de fraude a polícia dizendo que suspeitava de Wolfe, agora sua ex-namorada. A moça foi presa e a garçonete não pôde ficar com a gorjeta.

Ao ser levada pela polícia, Wolfe confessou a fraude e entregou o cartão usado para pagar a conta no restaurante.

Com o dinheiro recuperado, Crane decidiu retirar a acusação contra a ex-namorada. Ele ainda transferiu US$ 300 (R$ 1.230) para a garçonete como compensação pelo mal-entendido.

Mais Internacional