Topo

Putin acredita que ativista Greta Thunberg está sendo manipulada

O presidente russo Vladimir Putin - Alexey Nikolsky/AFP
O presidente russo Vladimir Putin Imagem: Alexey Nikolsky/AFP

Do UOL, em São Paulo

03/10/2019 17h48

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse em vídeo publicado pela BBC que não é entusiasta da ativista ambiental Greta Thunberg, de 16 anos.

Putin disse que o mundo deve apoiar, sim, jovens preocupados com mudanças, mas que há casos condenáveis em que os jovens são "usados", sugerindo que é o acontece com a sueca.

"Eu irei desapontá-los, mas eu não compartilho do entusiasmo de todo mundo a respeito do discurso (na ONU) de Greta Thunberg", disse o presidente.

"O fato de os jovens prestarem atenção em problemas graves do mundo moderno, incluindo a ecologia, é correto e muito bom. Nós precisamos apoiá-los. Mas quando alguém usa crianças e adolescentes em interesse próprio merece ser condenado", completou Putin em um evento sobre energia, na Rússia.

Para o político, "ninguém explicou à Greta como o mundo moderno é complicado e complexo".

Por fim, Putin argumentou que países subdesenvolvidos da África e Ásia precisam de bases energéticas poluentes para crescer. Para ele, não é possível forçar que tais países mudem suas matrizes energéticas durante a fase de desenvolvimento que se encontram.

Mais Internacional