PUBLICIDADE
Topo

Governador de Nova York afirma que quarentena não atrapalha economia

SAM HODGSON/NYT
Imagem: SAM HODGSON/NYT

Do UOL, em São Paulo

25/03/2020 16h20

Após determinar que 100% da força de trabalho do estado de Nova York deve ficar em casa durante a pandemia de covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, o governador Andrew Cuomo defendeu que é possível priorizar a saúde da população sem prejudicar a economia.

A declaração, feita hoje pelo Twitter, vai contra o posicionamento do presidente Donald Trump, que tem defendido que os trabalhadores dos Estados Unidos devem retornar ao trabalho o quanto antes.

"Isso não é binário. Nós podemos avançar uma estratégia de saúde pública que também seja uma estratégia econômica inteligente. Mas qual é a primeira ordem do dia? Salvar vidas", afirmou Andrew Cuomo na rede social.

De acordo com informações divulgadas hoje pelo CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos), o país tem 60.115 casos oficiais da doença e 827 mortes decorrentes da pandemia.

Coronavírus