PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Por coronavírus, Reino Unido estende 'lockdown' por mais três semanas

Dominic Raab, ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, na coletiva sobre o coronavírus  - Andrew Parsons/10 Downing Street/Handout via Reuters
Dominic Raab, ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, na coletiva sobre o coronavírus Imagem: Andrew Parsons/10 Downing Street/Handout via Reuters

Do UOL, em São Paulo

16/04/2020 13h45

O Reino Unido estendeu o "lockdown", suspensão total de atividades, por "pelo menos" mais três semanas como medida de contenção aos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

O anúncio foi feito hoje pelo ministro das Relações Exteriores, Dominic Raab, que substitui o primeiro-ministro Boris Johnson, se recuperando da covid-19.

Raab disse que, embora existam indicativos de que as medidas foram bem-sucedidas em retardar a propagação do vírus, a taxa de infecção não caiu tanto quanto necessário.

"O conselho muito claro que recebemos é que qualquer alteração em nossas medidas de distanciamento social agora correria o risco de um aumento significativo na propagação do vírus. Isso ameaçaria um segundo pico da crise e um aumento substancial no número de mortes ", disse ele.

"Desfaria o progresso que fizemos até o momento e exigiria um período ainda mais longo das medidas mais restritivas de distanciamento social", acrescentou.

Dados da Universidade John Hopkins mostram que o Reino Unido é o sexto território com o maior número de casos oficiais de covid-19: são 104.133 registros e mais de 13 mil mortes.

Coronavírus