PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Prefeito espanhol renuncia após ser flagrado furando a quarentena bêbado

Álex Pastor, ex-prefeito de Badalona - SOPA Images/LightRocket via Getty Images
Álex Pastor, ex-prefeito de Badalona Imagem: SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

22/04/2020 10h37

Álex Pastor, o prefeito da cidade espanhola de Badalona, na província da Catalunha, entregou hoje uma carta renunciando ao cargo após passar a noite na cadeia.

Pastor foi detido na noite de ontem, voltando bêbado de Barcelona. Além de ser flagrado embriagado e ter se recusado a fazer o teste do bafômetro, o agora ex-prefeito também estava furando o estado de quarentena.

A cidade de Badalona será governada por Aïda Llauradó, primeira vice-prefeita.

O país está em um sistema de "quarentena radical" desde 14 de março. Cerca de 21.717 pessoas morreram de coronavírus na Espanha, segundo a OMS.

O prefeito entregou uma carta na qual admite seus erros e pede afastamento imediato do cargo. Antes disso, seu próprio partido já havia anunciado sua suspensão.

Enquanto isso, o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez anunciou hoje que pretende estender o estado de quarentena até meados de maio.

Coronavírus