PUBLICIDADE
Topo

Ministro da Saúde do Chile anuncia quarentena geral na capital Santiago

Trabalhador desinfeta um ponto de ônibus em Santiago, Chile - IVAN ALVARADO/REUTERS
Trabalhador desinfeta um ponto de ônibus em Santiago, Chile Imagem: IVAN ALVARADO/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

13/05/2020 13h40Atualizada em 13/05/2020 14h12

O ministro da Saúde do Chile, Jaime Manalich, anunciou hoje que a capital Santiago terá uma quarentena geral e mais rígida. O governo tentou aplicar a quarentena apenas nos bairros mais afetados, mas mudou de ideia após o número recorde de contaminados, segundo a agência Reuters.

Segundo Manalich, foram 2.660 novos casos de coronavírus registrados no país durante a noite, um aumento de 60% em relação ao dia anterior.

O ministro disse ainda que "novas medidas extraordinárias e difíceis" são necessárias para reduzir a taxa de contágio.

Foi decretada quarentena para todas as pessoas com mais de 75 anos no país e uma geral para a capital Santiago.

O Chile é o quarto país da América Latina com mais casos da covid-19, com pouco mais de 35 mil infectados.

Entenda como é decidido o momento de se afrouxar ou engrossar a quarentena:

Coronavírus