PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: 12 estados nos EUA estão revendo ou cancelando reabertura

Placa mostra a palavra "emergência", em inglês - Cristobal Herrera/EFE/EPA
Placa mostra a palavra "emergência", em inglês Imagem: Cristobal Herrera/EFE/EPA

Do UOL, em São Paulo

29/06/2020 11h23

Ao menos 12 estados norte-americanos interromperam ou estão cancelando seus planos de reabertura pós quarentena pelo novo coronavírus, diz o site da CNN. O objetivo é tentar conter a disseminação de covid-19, que está aumentando nos Estados Unidos.

Lideranças estaduais vêm pedindo que os cidadãos tentem ficar em casa o máximo possível, que se mantenham longe de locais com aglomeração e que cumpram o distanciamento social.

Em Washington, o governador Jay Inslee anunciou que os municípios que se preparavam para entrar na quarta fase da reabertura, sem restrições, ainda não o farão.

"Todos nós queremos voltar a fazer todas as coisas que amamos em Washington durante o verão e abrir totalmente nossa economia, mas ainda não estamos lá", disse.

"Esta é uma situação em evolução e continuaremos a tomar decisões com base nos dados", afirmou.

No Texas e na Flórida, cujo rápido aumento de infecções chamou a atenção de especialistas, os bares foram obrigados a fechar — pela segunda vez — após as autoridades concluírem que eles podem ser uma fonte de novos casos de covid-19.

Em um movimento semelhante, o governador da Califórnia, Gavin Newsom, ordenou ontem o fechamento de bares em sete municípios: Los Angeles, Fresno, Imperial, Kern, Kings, San Joaquin e Tulare.

Newsom recomendou fechá-los em outros oito municípios, incluindo Contra Costa, Riverside, Sacramento, San Bernardino, Santa Bárbara, Santa Clara, Stanislaus e Ventura.

Pelo menos 31 estados nos EUA agora estão vendo um aumento em novos casos em comparação com a semana anterior, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

Coronavírus