PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
9 meses

Diamante de 442 quilates avaliado em R$ 100 milhões é encontrado na África

Diamante que custa R$ 100 milhões é encontrado por mineradora - Reprodução/Gem Diamonds
Diamante que custa R$ 100 milhões é encontrado por mineradora Imagem: Reprodução/Gem Diamonds

Do UOL, em São Paulo

24/08/2020 19h37

Um diamante de 442 quilates foi encontrado na semana passada pela empresa Gem Diamonds no Lesoto, país localizado no sul da África.

A pedra preciosa, encontrada na mina Letseng, tem o tamanho de uma bola de tênis e é avaliada em US$ 18 milhões — aproximadamente R$ 100 milhões.

O chefe da empresa, Clifford Elphick, descreveu a raridade como "um dos maiores diamantes do mundo a ser recuperado este ano".

Essa é a maior gema encontrada pela empresa desde o famoso "Lesotho Legend", de 990 quilates. Ele foi vendido, em 2018, por US$ 40 milhões — aproximadamente R$ 220 milhões.

O novo diamante deverá ser vendido na Bélgica. Uma parte do valor arrecadado irá para um projeto comunitário no próprio Lesoto. A Gem Diamonds é parceira do governo local.

Internacional