PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Jovem pode ser condenada após fingir ser divindade para extorquir conhecida

Caso em Singapura pode render pena de 10 anos de prisão à jovem denunciada - iStock
Caso em Singapura pode render pena de 10 anos de prisão à jovem denunciada Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

01/10/2020 15h12

Uma jovem de Singapura foi denunciada por enganar uma conhecida, passando-se por diferentes divindades para conseguir dinheiro, e pode pegar uma pena de até 10 anos de prisão.

Aos 18 anos, Soh Chih Hui disse a Goh Seng Mui, uma amiga de sua mãe, que havia usado poderes para encontrar um possível marido para ela — e aproveitou a história para, entre abril e outubro de 2015, conseguir 49,5 mil dólares de Singapura (quase R$ 205 mil em valores atuais) da mulher.

Goh entregou à filha da amiga tudo que tinha em sua poupança, e ainda emprestou dinheiro de um irmão. A farsa só foi descoberta no começo de 2016, quando a jovem tentou convencer a vítima a vender um imóvel.

Atualmente aos 23 anos, Soh foi denunciada por estelionato e extorsão. Segundo o jornal Today, a jovem admitiu às autoridades do país ter enganado Goh Seng Mui, mas negou que tenha tirado dinheiro ou oferecido ajuda à mulher para encontrar um marido.

De acordo com a publicação, Soh afirmou que poderia apresentar a amiga da mãe a um bancário de 51 anos, que se tornaria seu namorado e, posteriormente, marido. Ao longo de um julgamento de 16 dias, Goh — descrita pela promotoria como "uma pessoa supersticiosa" e "ingênua" — afirmou não se lembrar de quanto dinheiro deu à jovem.

Ao exigir dinheiro, Soh se apresentava como diferentes divindades, como uma criança de voz fina e uma apresentada apenas como Fu Wang. Presa preventivamente, ela será novamente ouvida em 3 de dezembro.

Internacional