PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Invasores mascarados? Guaxinins 'arrombam' teto de banco na Califórnia

Dupla de guaxinins que invadiu agência bancária na Califórnia (EUA) - Reprodução/Peninsula Humane Society & SPCA
Dupla de guaxinins que invadiu agência bancária na Califórnia (EUA) Imagem: Reprodução/Peninsula Humane Society & SPCA

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/10/2020 16h22

Uma dupla de guaxinins entrou ontem (20) pelo teto de uma agência bancária, em Redwood City, Califórnia (EUA), causando estragos significativos na infraestrutura do local. A seguir, os animais foram capturados por um abrigo especializado, cujo porta-voz, Buffy Martin Tarbox, até apelidou as criaturas de "bandidos mascarados".

"Havia várias placas de teto quebradas e os bandidos mascarados derrubaram papéis e até mesmo um computador. Felizmente os guaxinins não se feriram durante sua aventura matinal e, pelo que sabemos, não fugiram com nenhum dinheiro", comentou Tarbox, segundo a ABC7 News.

O veículo conta ainda que a invasão foi testemunhada na manhã de ontem por um cliente da agência, que utilizava um caixa eletrônico na ocasião. Inicialmente, o indivíduo acreditou que via um bicho de pelúcia sob uma mesa no banco, mas levou um susto ao perceber que olhava diretamente para um guaxinim de verdade.

O cidadão acionou então a organização de proteção e abrigo de animais Peninsula Humane Society & SPCA. Uma equipe de resgate foi enviada até o banco e, após cerca de 10 minutos de perseguição aos guaxinins, eles finalmente foram capturados.

Apesar da captura ter sido rápida, os indícios deixados pelos mascarados foram bem evidentes. Havia, inclusive, pegadas bem lamacentas dentro da agência bancária. Tarbox acredita que as marcas foram feitas a partir de uma árvore, que fica no lado externo do banco.

Além disso, houve uma artimanha bastante elaborada para os bichos "arrombarem" o local. "De alguma forma, [os guaxinins] conseguiram rastejar para o dutos de ar e conseguiram cair através das telhas do teto até o chão do banco", explicou o protetor de animais.

Os guaxinins fazem parte de uma espécie de hábitos noturnos ativos. Apesar de terem invadido a instituição financeira, eles não têm interesse em dinheiro, mas sim em desfrutar de uma alimentação onívora, que inclui plantas e frutas, mas também animais (como sapos, peixes e roedores). Nas cidades, esses mamíferos tendem até a comer lixo.

Internacional