PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
4 meses

Israel: Filho de imigrantes, Naftali Bennett forma coalizão anti-Netanyahu

Com 49 anos, Naftali Bennett também é ex-empresário fez fortuna no setor de tecnologia - YONATAN SINDEL / POOL / AFP
Com 49 anos, Naftali Bennett também é ex-empresário fez fortuna no setor de tecnologia Imagem: YONATAN SINDEL / POOL / AFP

Do UOL, em São Paulo*

31/05/2021 11h40Atualizada em 31/05/2021 12h44

O defensor do ultraliberalismo econômico e líder da direita radical, Naftali Bennett, deixou de ser conselheiro do primeiro-ministro Benjamin Nethanyahu para formar uma coalizão que deseja tirá-lo do poder em Israel. O anúncio de apoio ao centrista Yaïr Lapid e ao projeto de um "governo de mudança" foi feito ontem.

Com 49 anos, o ex-empresário fez fortuna no setor de tecnologia e defende a linha-dura contra o Irã e a anexação de quase dois terços da Cisjordânia ocupada. A estratégia tem potencial de gerar popularidade do partido entre os colonos judeus.

Bennett é filho de imigrantes norte-americanos e nasceu em Haifa, ao norte de Israel, em 25 de março de 1972. O ex-empresário se estabeleceu como um dos favoritos das start-ups devido à empresa de segurança cibernética que possuía, a Cyotta, vendida por 145 milhões de dólares em 2005.

No ano seguinte, Bennett migrou para a política em apoio a Benjamin Nethanyahu. Há cerca de dois anos, a força política de Bennett baixa, mas a partir das últimas legislaturas ocorridas em março no país ele utilizou o espaço para se tornar uma peça chave na formação de uma anti-Nethanyahu.

Ainda que Bennett seja de extrema-direita, a coalizão que agora ele integra reúne deputados de esquerda e da direita. O apoio dele foi firmado em troca de poder ocupar, pela primeira vez, o cargo de primeiro-ministro antes de passar o cargo para Lapid.

"Anuncio que farei de tudo para formar um governo de unidade com meu amigo Yaïr Lapid", declarou Bennett. Até o momento, Bennett alimentava dúvidas sobre suas intenções, sem deixar claro se daria o golpe final em Netanyahu, no poder desde 2009. Antes disso, ele esteve entre 1996 e 1999.

Netanyahu no poder

O primeiro-ministro que mais tempo permaneceu no poder, em Israel, é Benjamin Nethanyahu. No país, ele é adorado por alguns e muito criticado por outros e, no momento, luta pela sobrevivência política após mais de 12 anos.

Apelidado de "mago" da política, o primeiro-ministro explorou a pauta da defesa de Israel contra ameaça do Irã e agora utiliza o enfrentamento da covid-19 como pauta política.

Netanyahu é o único primeiro-ministro da história do país que nasceu após a criação de Israel, em 1948.

Nascido em Tel Aviv em 21 de outubro de 1949, ele herdou a forte bagagem ideológica de seu pai, Benzion, que foi assistente pessoal de Zeev Jabotinsky, líder da tendência sionista chamada "revisionista", favorável a uma "Grande Israel" que inclua a Jordânia.

* Com informações das agências AFP e RFI

Internacional