PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Coluna de gases do vulcão nas Ilhas Canárias atinge 4.500 m de altura; veja

Vulcão em atividade no Parque Nacional Cumbre Vieja, em El Paso, nas Ilhas Canárias  - REUTERS/Jon Nazca
Vulcão em atividade no Parque Nacional Cumbre Vieja, em El Paso, nas Ilhas Canárias Imagem: REUTERS/Jon Nazca

Do UOL, em São Paulo

24/09/2021 07h36Atualizada em 24/09/2021 15h34

A erupção do vulcão Cumbre, na ilha de La Palma, nas Canárias, entra hoje no sexto dia. Segundo a Guarda Civil Espanhola, a coluna de gases que saiu do vulcão chegou a atingir 4.500 metros de altura. Dois fluxos da lava que seguem em direção ao mar destruindo casas e fechando estradas ainda estão ativos. Ao todo, seis rodovias estão interditadas na região.

A lava lançada pelo vulcão já cobre mais de 166 hectares e destruiu 350 imóveis, segundo dados divulgados ontem pelo sistema de monitoramento europeu por satélites Copérnico.

O Departamento de Segurança Nacional da Espanha aponta que a erupção segue ocorrendo, embora a velocidade de deslocamento da lava tenha apresentado redução. O rio formado no norte da estrutura é o mais ativo, fluindo a 4 km/h.

Além disso, o Departamento de Segurança Nacional indicou que está prevista a possibilidade de que os gases emitidos pelo Cumbre Vieja "comecem a se deslocar para o leste ou nordeste, enquanto os que estão a 1,5 mil metros tem tendência de ida para sudoeste ou sul.

Até o momento, quase 6 mil pessoas precisaram deixar as casas por causa da lava, em número que está aumentando diariamente, por determinação de evacuação feita pelas autoridades.

Internacional