PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Irmãos de 3 e 5 anos morrem após comer fruta venenosa na Colômbia

As duas crianças pensaram que eram maçãs - Newsflash/ Mirror
As duas crianças pensaram que eram maçãs Imagem: Newsflash/ Mirror

Colaboração para o UOL

23/10/2021 08h45

Jhofran Chaya, de 5 anos, e sua irmã Amira Chaya, de 3, morreram, no último domingo (17), após comer uma fruta venenosa encontrada no jardim da casa de sua avó, na aldeia de Montecitos, na Colômbia.

Segundo informações do jornal Mirror, do Reino Unido, as duas crianças pensaram que eram maçãs, mas, na verdade, eram frutas vermelhas da planta Thevetia ahouai, conhecida localmente como "huevo de toro", que pode crescer até 3 metros de altura e é comum na área. No Brasil, é conhecida como tingui-de-leite e aguaí.

Cerca de uma hora após a ingestão, os dois começaram a vomitar e a ter convulsões. As duas crianças ficaram dois dias internadas no hospital antes de falecer.

Jhofran e Amira chegaram à Colômbia com os pais da Venezuela, que desde 2010 atravessa uma crise socioeconômica e política. Eles estavam hospedados na casa da avó, onde aconteceu a tragédia.

Após o incidente, o comissário da polícia da aldeia, Jesus Emilio Sanchez, ordenou que todos os moradores com a planta em casa se livrassem delas, com risco de multa caso não o façam.

Internacional