PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
6 meses

Cidades nos EUA pagam até US$ 100 para que crianças se vacinem

Criança recebe vacina da Pfizer nos Estados Unidos - David Ryder/Getty Images/AF
Criança recebe vacina da Pfizer nos Estados Unidos Imagem: David Ryder/Getty Images/AF

Do UOL, em Brasília

06/11/2021 12h26Atualizada em 06/11/2021 13h36

Várias cidades norte-americanas estão oferecendo até US$ 100 (o equivalente a R$ 555 pela cotação atual) para cada criança vacinada contra a covid-19. Anteriormente, o benefício também chegou a ser concedido a adultos.

No fim de outubro, os Estados Unidos autorizaram a aplicação da vacina da Pfizer em crianças de cinco a 11 anos.

Em algumas cidades americanas, o benefício começou a ser concedido hoje. É o caso de Nova York, onde os US$ 100 podem ser trocados por ingressos para visitar a Estátua da Liberdade ou para assistir a jogos do time de beisebol Brooklyn Cyclones.

Na quinta-feira (4) passada, o prefeito da cidade, Bill de Blasio, se pronunciou sobre o benefício e enfatizou que a vacinação "é a única" maneira de garantir a recuperação sanitária e econômica da cidade.

"Todos podem aproveitar um pouco mais de dinheiro nas férias, mas o mais importante é que nossos filhos e famílias estejam seguros", disse de Blasio.

Já em Chicago, as crianças que forem imunizadas devem receber um vale presente. As aulas foram suspensas no dia 12 de novembro, justamente para que os estudantes passam se vacinar.

San Antônio, no Texas, também concedeu benefícios para a vacinação de crianças. No estado de Louisiana, autoridades também aprovaram o valor de US$ 100 por criança vacinada contra a covid-19.

Coronavírus