PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Esteticista se distrai brigando com namorado no celular e queima cliente

Asli Ilhan ficou com marcas permanentes no rosto após acidente durante tratamento facial. - Reprodução/The Sun
Asli Ilhan ficou com marcas permanentes no rosto após acidente durante tratamento facial. Imagem: Reprodução/The Sun

Colaboração para o UOL

01/12/2021 10h28Atualizada em 01/12/2021 23h23

Uma esteticista de Antália, na Turquia, se distraiu enquanto brigava com o namorado pelo celular e queimou o rosto de uma cliente durante um procedimento de rejuvenescimento facial com laser. Vítima do acidente, Asli Ilhan, de 42 anos, ficou com marcas permanentes e cicatrizes na face e decidiu processar a clínica.

O caso ocorreu em novembro do ano passado, mas apenas neste mês a Justiça turca definiu uma multa de valor equivalente a R$ 1.465. O advogado Suleyman Kesici, responsável pela defesa de Ilhan, considerou a punição branda.

"Pensamos que a pena por queimar o rosto de uma pessoa de uma forma que deixa marcas óbvias não é uma multa judicial", disse ele, ao The Sun.

A vítima conta que foi ao salão para uma segunda sessão do tratamento estético. Tudo corria normalmente até o momento em que a esteticista, que não teve o nome revelado, começou a discutir com o namorado pelo celular. Na sequência, Ilhan sentiu o rosto queimar, experiência que descreveu como "terrível".

A mulher chegou a ir à farmácia para buscar alguma maneira de aliviar a situação, mas nada foi eficiente para conter a formação das cicatrizes. Assim, ela ficou com marcas permanentes no rosto e, desde então, sofre com uma série de problemas emocionais.

"As pessoas cometem erros, mas eu paguei um preço alto", lamentou Ilhan. "Estou enfrentando um problema maior do que ter pele flácida agora. Tenho muitos problemas por causa dessas marcas no meu rosto. Eu me sinto péssima."

Inconformada com o resultado, a turca procurou outra clínica de estética para tentar reduzir os efeitos negativos. O novo procedimento, contudo, piorou a condição do rosto.

Internacional