PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Jovem acorda achando ter 6 anos e ter sido raptada por marido na Inglaterra

Chloe, 29, acordou no meio da noite e pensou que marido tinha sequestrado ela - Chloe Barnard/Acervo pessoal
Chloe, 29, acordou no meio da noite e pensou que marido tinha sequestrado ela Imagem: Chloe Barnard/Acervo pessoal

Do UOL, em São Paulo

28/06/2022 04h00

Uma garçonete de 29 anos que sofre de amnésia acordou achando que tinha seis anos de idade e tentou chamar a polícia para denunciar o próprio marido por um rapto que não existiu. O caso foi registrado no condado de Leicestershire, na Inglaterra.

Chloe Barnard, que é casada com James Cavill, 39, sofre com problemas de memória há anos. Em conversa com o tabloide britânico Daily Mail, ela contou que os episódios costumam ser rápidos e ela "volta ao normal" em cerca de 24 horas.

Um dos episódios mais recentes ocorreu quando ela teve uma discussão com o marido e foi dormir. Ao acordar, ela pensava que tinha seis anos de idade e não reconheceu onde estava.

"Desci e vi que as escadas tinham um portão de proteção. Não reconheci a casa, mas pensei que eu morava ali porque só tinha seis anos e a escada estava protegida", afirmou.

"Meu marido estava no sofá com o cachorro, que eu não sabia que era meu. Sentei na escada e falei: 'Quem é você e quem é esse cachorro? Quero minha mãe e meu pai", afirmou.

Nessa ocasião, James, que é casado com ela há nove anos, manteve a calma e soube como agir. Ele ligou para os sogros, que afirmaram que ela estava em segurança e pediram que ela dormisse para "acordar melhor" no outro dia.

"Ele se deitou. Eu disse que não ia ficar deitada com ele e fiquei em pé com um bichinho de pelúcia. Tentei ligar para a polícia, mas ele pegou meu telefone", afirmou.

A "solução" que a garçonete encontrou foi ficar de pé "armada" com uma chave-inglesa.

Segundo Chloe, ela passa por episódios do tipo com intervalo de meses, geralmente quando está com privação de sono. Em outra situação, ela teve um lapso de memória que a fez acreditar que ela tinha 16 anos e tinha sido sequestrada pelo marido.

"Eu tenho que lidar com isso, mas isso me despedaça. Às vezes, levo uma semana inteira para me recompor", afirmou.

Internacional