Conteúdo publicado há 3 meses

'Sereia' fica com cauda presa e quase se afoga em tanque na África do Sul

Uma jovem vestida de sereia quase se afogou após ficar com a cauda da fantasia presa em um aquário gigante de um shopping center em Randburg, na África do Sul.

O que se sabe

Imagens publicadas nas redes sociais mostram a jovem, fantasiada de sereia, no interior do tanque, cumprimentando o público e enviando beijos às crianças. O acidente aconteceu no sábado (25).

No momento em que ela tenta retornar à superfície, a cauda da fantasia se enrosca em uma pedra, prendendo a jovem. Ela então se debate por alguns segundos, em desespero, e é possível ver a quantidade de ar que ela solta, pelas bolhas que surgem na água.

Ao perceber que não conseguiria soltar a cauda da pedra, a jovem tira a fantasia e sobe rapidamente à superfície, para respirar, escapando ilesa, apesar do susto.

Autor do vídeo, Zizwe Ndwandwe, que passeava no shopping, disse que essa não foi a primeira vez que um incidente do tipo ocorreu no mesmo aquário. Ele disse ao Storyful que outra sereia profissional também ficou com o rabo preso no tanque, mas felizmente uma colega estava lá para auxiliar a libertá-la.

O "sereismo", ou seja, a prática de nadar com roupas de sereia, é um esporte em rápido crescimento na África do Sul, que conta até com uma escola para ensiná-lo — a "Merschool", segundo informou o France 24.

Antes de mergulhar, cada aluno veste uma cauda de tecido de cores vivas. Os nadadores têm entre 13 aos quarenta anos. As aulas incluem um professor, um instrutor de ioga e até um contador.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes