Conteúdo publicado há 1 mês

Funeral de Alexei Navalni na Rússia tem ao menos 3 pessoas presas, diz ONG

Ao menos três pessoas foram presas hoje em Moscou no funeral de Alexei Navalni, líder opositor de Vladimir Putin, disse a ONG russa OVD-Info.

O que aconteceu

Um dos detidos foi o vice-presidente de um partido que faz oposição a Putin. Segundo a ONG russa, Andrei Morev, do partido Yabloko, estava em uma estação de metrô a caminho da cerimônia quando foi detido.

O ex-vice-presidente de outra legenda de oposição também teria sido preso. De acordo com a OVD-Info, Mikhail Shneider foi detido em outra estação de metrô após ter sido informado que era parecido com uma pessoa procurada pela polícia. O cargo de liderança que ele tinha era no Parnas (Partido da Liberdade do Povo, em tradução do inglês).

Homem não identificado também foi preso. Ele estava no local do funeral e gritou "Quem matou Navalni?", segundo a ONG russa. A entidade pede mais informações de quem puder ajudar com mais informações sobre esse homem.

Deputado foi detido após colocar flores em um memorial em homenagem a Navalni. Anton Kartavin estava em Novosibirsk, cidade que fica a mais de 3.000 quilômetros de Moscou, onde foi realizado o funeral do opositor russo. Junto com Kartavin, também foi preso Mikhail Ryazantsev, o assistente da deputada Svetlana Kaverzina. Um foto publicada pela OVD-Info mostra Kartavin e Ryazantsev com outras pessoas dentro do que seria um camburão.

Deixe seu comentário

Só para assinantes