Conteúdo publicado há 1 mês

Israel diz ter interceptado 99% dos mísseis e drones disparados pelo Irã

As Forças de Defesa de Israel (IDF) afirmaram neste domingo (14) que o Irã disparou mais de 300 mísseis e drones contra Israel. O porta-voz dos militares, Daniel Hagari, disse que 99% dos projéteis foram interceptados.

O que aconteceu

Israel fala em mais de 300 disparos. Segundo o IDF, o Irã disparou 170 drones com explosivos, 120 mísseis balísticos e 30 mísseis de cruzeiro .

Mísseis do Irã causaram danos à infraestrutura da Base Aérea de Nevatim, no sul de Israel. Hagari classificou esses danos como pequenos e disse que a base aérea está funcionando normalmente. "O Irã pensou que seria capaz de paralisar a base e assim danificar as nossas capacidades aéreas, mas falhou!, disse.

Menina de 7 anos ficou ferida, diz imprensa local. Segundo o site The Time of Israel, uma criança ficou gravemente ferida após ser atingida por estilhaços de um míssil balístico interceptado que caíram sobre sua casa. Ela passou por cirurgia e está na UTI.

A agência estatal do Irã havia afirmado mais cedo que mísseis disparados pelo país ultrapassaram o sistema de defesa de Israel. O Domo de Ferro, sistema de defesa antimísseis, interceptou a maioria dos projéteis, que foram abatidos antes que cruzassem o território israelense, segundo as Forças Armadas locais.

A ação de defesa de Israel foi uma conquista estratégica muito satisfatória, segundo Higari. "A ameaça iraniana encontrou a superioridade aérea e tecnológica das IDF", afirmou o porta-voz durante pronunciamento.

Convocações de reuniões

Os ataques do Irã contra Israel levaram a comunidade internacional a convocar uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU. O encontro ocorre neste domingo, em Nova Iorque, depois de um pedido feito por Israel, que classificou o ataque como "uma escalada grave e perigosa".

Continua após a publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, também anunciou que convocaria os líderes do G7 para coordenar "uma resposta diplomática unida ao descarado ataque do Irã" neste domingo. O anúncio foi feito após Biden conversar por telefone com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Deixe seu comentário

Só para assinantes