Conteúdo publicado há 1 mês

Sirenes são acionadas, e Israel intercepta drones e mísseis do Irã

Sirenes foram acionadas em Israel após o ataque com drones do Irã neste sábado (13). Nenhuma ocorrência com feridos foi relatada, segundo o governo israelense.

O que aconteceu

Sirenes soaram em Jerusalém, onde explosões também foram ouvidas. Segundo as forças de defesa israelenses, o aviso sonoro também tocou: no norte e no sul de Israel, na região do Mar Morto, na área de Shomron, e na região de Negev.

Domo de Ferro interceptou drones e mísseis. A maioria dos projéteis foi abatida antes cruzassem o território israelense, segundo as Forças Armadas locais. O governo de Israel compartilhou um vídeo dando "graças a Deus" pelo sistema de defesa.

Israel orienta moradores a permanecerem perto de espaços seguros. "Não importa de onde a ameaça seja lançada, quando soar um alarme, você deve entrar no abrigo e esperar lá por pelo menos dez minutos. Atualizaremos em tempo real se você precisar permanecer lá por um período mais longo".

Você pode ouvir explosões de interceptações ou destroços caindo. Como há uma variedade de ameaças, os alertas podem ser emitidos em áreas amplas. Recomendo que você evite espalhar rumores e relatórios não verificados.
Forças de Defesa de Israel, em comunicado

Irã "encerra assunto" e alerta EUA para "ficar fora" de conflito com Israel. Governo iraniano também prometeu aumentar a força caso "o regime israelense cometa outro erro".

O assunto pode ser considerado encerrado. Contudo, caso o regime israelita cometa outro erro, a resposta do Irã será consideravelmente mais severa. É um conflito entre o Irã e o regime israelita desonesto, do qual os EUA devem ficar longe
Comunicado da Missão Permanente do Irã nas Nações Unidas, pelo X

Ataque do Irã

Canal ligado à mídia estatal do Irã confirmou ataque de drones. Segundo a PressTV, a Guarda Revolucionária do Irã — também conhecida como Força Quds, responsável pelas operações militares internacionais iranianas — "lançou extensivos ataques com drones contra alvos em territórios ocupados", termo que o Irã usa para descrever Israel.

Continua após a publicidade

Espaço aéreo israelense foi fechado à 0h30 (18h30 em Brasília). O Iraque também anunciou o fechamento temporário do seu espaço aéreo e a interrupção do tráfego. Mais cedo, a Jordânia já havia comunicado a adoção da mesma medida, citando falhas nos serviços de GPS. Depois, o Líbano também suspendeu os voos.

Primeiro-ministro disse que Israel está 'preparado'. Em discurso transmitido pela TV, Benjamin Netanyahu garantiu que o país está preparado para enfrentar qualquer cenário, "tanto em defesa quanto em ataque", acrescentando que Israel conta com o apoio dos Estados Unidos e "de muitos outros países". As declarações foram feitas antes do anúncio sobre os drones iranianos.

(Com AFP e Deutsche Welle)

Deixe seu comentário

Só para assinantes