Conteúdo publicado há 1 mês

EUA não estão envolvidos em ofensivas contra o Irã, diz Blinken

O secretário de estado dos Estados Unidos afirmou que o país não tem relação com os ataques registrados na noite de ontem ao Irã dias após ofensiva contra Israel.

O que aconteceu

EUA querem "desacelerar tensões", afirmou Antony Blinken. O pronunciamento foi feito após reunião com chanceleres do G7 em Capri.

Os Estados Unidos não estão envolvidos em nenhuma operação ofensiva. Estamos focados no trabalho para desescalar as tensões, para desescalar qualquer conflito potencial.
Antony Blinken, secretário de estado dos Estados Unidos

Ataque ao Irã

Mísseis lançados contra instalações nucleares do Irã foram interceptados na noite desta quinta-feira (18), seis dias após ofensiva iraniana contra Israel. Fontes de inteligência dos Estados Unidos atribuíram o novo ataque a Israel, mas isso ainda não foi confirmado por Tel Aviv.

A mídia estatal disse que ao menos três drones sobre a cidade central de Isfahan foram abatidos. A Iranian Press TV também está relatando que uma explosão foi ouvida perto do centro da cidade.

Nenhum dano foi causado no ataque, disse o comandante do Exército do Irã. Siavosh Mihandoust afirmou que o barulho ouvido em Isfahan foi devido a sistemas de defesa aérea que interceptaram um "objeto suspeito".

Irã disse que ataque a Israel foi "retaliação". O ataque seria uma resposta ao bombardeio de Israel contra o consulado iraniano na Síria. Explosão matou dois líderes militares do Irã. O governo israelense nunca assumiu a autoria ataque, mas também não negou.

Deixe seu comentário

Só para assinantes