Conteúdo publicado há 1 mês

Putin e Kim Jong-Un 'disputam gentileza' na Coreia do Norte; veja o vídeo

Durante um encontro entre o presidente russo Vladimir Putin e o supremo líder da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, os dois protagonizaram um momento divertido, no momento em que entrariam em uma limusine.

O que aconteceu

Chegada de Putin à Coreia do Norte ficou marcada com "troca de gentilezas". Vladimir Putin e Kim Jong-Un ficaram com os braços esticados na direção do veículo, esperando que o outro entrasse primeiro na limusine. O caso ocorreu em Pyongyang, capital da Coreia do Norte.

Viagem de Putin é para assinar protocolo de defesa mútua. Os dois países reviveram um acordo da época da Guerra Fria e estão comprometidos a se defender militarmente no caso de uma guerra. Agora, Kim Jong-Un deve ajudar mais a Rússia na Ucrânia, enquanto Putin deve enviar mísseis de precisão a Pyongyang.

EUA expressam preocupação com aliança. O governo dos Estados Unidos expressou "preocupação" com a viagem de Putin devido às consequências para a segurança da Coreia do Sul e da Ucrânia. Seul afirmou que acompanhou "de perto os preparativos" da visita.

O tratado de associação global assinado hoje prevê, entre outras coisas, uma assistência mútua em caso de agressão a uma parte. Hoje, lutamos juntos contra as práticas hegemônicas e neocolonialistas dos Estados Unidos e de seus satélites. Rússia e Coreia têm uma política externa independente e não aceitam a linguagem da chantagem por parte do Ocidente.
Vladimir Putin, presidente da Rússia

Deixe seu comentário

Só para assinantes