PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Espanha pedirá para redobrar os compromissos climáticos em cúpula

21/04/2021 21h43

Madri, 21 abr (EFE).- O chefe do governo da Espanha, Pedro Sánchez, vai propor na cúpula do clima convocada esta semana pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que os compromissos multilaterais na luta contra as mudanças climáticas sejam redobrados.

Sánchez será um dos 40 chefes de Estado e de governo que participarão amanhã e sexta-feira, de forma remota, dessa cúpula convocada por Biden logo assim que assumiu o poder e com a qual condicionou o retorno dos Estados Unidos ao consenso internacional sobre este problema.

Fontes do governo espanhol disseram à Agência Efe que Sánchez - que ainda não conversou com Biden desde sua chegada à Casa Branca - destacará neste fórum a importância do papel dos EUA na luta contra as mudanças climáticas e convidará a reforçar ainda mais o compromisso da comunidade internacional para este tema.

No discurso de ontem em Andorra, no fórum organizado por ocasião da Cúpula Ibero-americana realizada no principado, ele destacou que uma lição a ser aprendida com a pandemia é a necessidade de ratificar instrumentos multilaterais diante dos desafios como a mudança climática.

Para a cúpula desta semana, os EUA convidaram os líderes de 17 países que são responsáveis por 80% das emissões globais, bem como os de outras nações que estão sofrendo os efeitos das mudanças climáticas ou que demonstraram vontade de combatê-las.

Um painel que será presidido pelo secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd J. Austin, e do qual participará também, entre outros, o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg; o secretário de Estado da Defesa do Reino Unido, Ben Wallace; e o ministro da Defesa do Japão, Kishi Nobuo. EFE

bb/phg

Meio Ambiente