PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Biden agradece presidente da Argentina por esforços contra a crise climática

15/07/2021 00h08

Buenos Aires, 14 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, agradeceu ao da Argentina, Alberto Fernández, pela contribuição do país na luta contra a crise climática e defendeu que os dois sigam trabalhando juntos, segundo informaram nesta quarta-feira fontes da Casa Rosada.

Em carta, o chefe de governo americano exaltou a participação de Fernández na cúpula de líderes mundiais sobre o clima, em encontro virtual com mais de 40 participantes, que aconteceu em 22 de abril deste ano.

Biden agradeceu ao anúncio de Fernández, de que a Argentina fortalecerá a contribuição ao Acordo de Paris, implementará mais recursos renováveis, reduzirá as emissões de gás metano e combaterá o desmatamento ilegal.

"Creio que juntos conseguiremos promover um compromisso mundial para elevar nossas metas no que diz respeito ao clima, ao mesmo tempo em que ressaltamos as oportunidades econômicas disponíveis para aquelas nações que estão dando um passo a frente em vencer esse desafio", disse o presidente dos EUA na carta.

"Enfatizamos a urgência de aumentar os fundos destinados ao clima e ajudar que as nações vulneráveis se adaptem", completou o chefe de governo americano.

Sobre a Conferência das Nações Unidas sobre a Mudança Climática, que acontecerá em novembro, em Glasgow, Biden reforçou a necessidade de todos os países, "especialmente as economias mais importantes", se comprometerem com a meta de limitar o aumento da temperatura em 1,5 grau celsius.

"Devemos atuar agora para manter o objetivo a nosso alcance. Me comprometo a trabalhar de perto com você e seus colegas nos meses que estão por vir, para garantir o êxito em Glasgow", disse o presidente dos EUA, se dirigindo a Fernández.

Meio Ambiente