"Lula vai entender que é uma homenagem", diz funkeira que posou nua com foto do presidente

Maurício Savarese
Do UOL Notícias
Em São Paulo

Em nome do que chama de amizade com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, forjada em uma visita dele ao Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, a funkeira Valesca dos Santos, mais conhecida como Valesca Popozuda, posou para a revista Playboy que chega às bancas na sexta-feira (19) debruçada sobre um retrato do petista e deitada sobre uma bandeira nacional.

LULA NA PLAYBOY

  • Divulgação

    A funkeira Valesca dos Santos, mais conhecida como Valesca Popozuda, posou para a revista Playboy debruçada sobre um retrato do presidente Lula

Popozuda, 30, já havia homenageado o presidente com a composição de um funk, no qual diz a Lula: "Que Dilma, que nada, me leve pra Casa Civil. Vou pôr o som na caixa e balançar o quadril. O funk não é problema, para alguns jovens é a solução. Quem sabe algum dia viro ministra da Educação?" Eleitora de Lula nas últimas eleições, ela disse que pretende entregar ao presidente um exemplar autografado da revista.

"Até me surpreendi quando trouxeram o retrato, disseram que iam levar um amigo meu para tirar foto comigo na cama. Mas tenho noção de que eles não fariam nada para colocar o nome do presidente nem o meu em má situação, disseram que já tinham consultado o departamento jurídico. Por isso fiquei tranquila e não vejo nada de errado no trabalho", disse ela em entrevista ao UOL Notícias.

"Se o presidente não gostar, achar desrespeitoso, vou realmente pensar que algo pode não ter saído bem. Mas acho que ele vai entender que é uma homenagem, só isso", completou.

Além da foto em que aparece admirando Lula, a vocalista do grupo Gaiola das Popozudas se deita sobre os dizeres da bandeira do Brasil. "Meu bumbum cobre o 'Ordem e Progesso'. Mas não é nenhum desrespeito, era uma foto bonita e apenas isso", avaliou.

Controvérsia

O ensaio, que nem sequer chegou aos leitores da publicação, já criou polêmica. O advogado Juliano Costa Couto, conselheiro da OAB-DF, avalia que o material é desrespeitoso e merece punição das autoridades.

VEJA VÍDEO COM O "FUNK DO LULA", DO GRUPO "GAIOLA DAS POPOZUDAS"

"Está na Constituição: a utilização desrespeitosa de símbolos nacionais, como a bandeira, é ofensa pública à nação", disse ele ao jornal O Dia. "O Ministério Público pode autuar a revista, mas as penalidades são simbólicas, como multa de um a quatro salários-mínimos", lamentou.

Para o diretor de redação da Playboy, Edson Eran, críticas desse tipo remetem ao período da ditadura militar (1964-1985). Ele afirma que a foto com Lula era pertinente porque faz parte da história de Popozuda.

"Nós temos anos de democracia e ainda tem gente que ainda confunde as coisas, quer colocar os símbolos nacionais longe das pessoas. Não creio que o presidente vá achar ruim essa homenagem que ela faz. Não é desrespeitosa", comentou.

"Embora sejam contextos diferentes, a história dela se cruza com a da Mônica Veloso, que teve relacionamento com o senador Renan Calheiros. A questão é que nós buscamos as mulheres mais interessantes onde elas estiverem. E mulheres e política muitas vezes se misturam."

A assessoria do Palácio do Planalto informou que não vai comentar o assunto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos