PUBLICIDADE
Topo

Política

Faltou aos deputados a determinação de mudar a Câmara, diz Rose de Freitas

Do UOL, em Brasília

04/02/2013 15h23

A deputada Rose de Freitas (PMDB-ES), derrotada na eleição para a presidência da Câmara, disse que o resultado das eleições foi "péssimo". Ela, que concorreu ao cargo, obteve apenas 47 votos, enquanto o candidato vencedor, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), conseguiu 271 votos. Rose esperava ter obtido em torno de 150 votos.

A candidata derrotada acredita que não teve votos dentro do seu partido e que os deputados peemedebistas foram “enquadrados’. Segundo Rose, os parlamentares tinham hoje dois caminhos: o da continuidade e da mudança. “Faltou aos deputados a determinação de mudar a Câmara”, disse. “O povo brasileiro foi traído”, completou.

A deputada acrescentou que não teme retaliações no partido pela postura de independência assumida. Conforme a parlamentar, ela responde apenas a seus eleitores, que conhecem suas opiniões.

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) elogiou seu correligionário, Chico Alencar. "A performance de Chico Alencar foi maravilhosa dada as condições em que ele disputou a eleição para a Presidência. Uma coisa é, ao se fazer oposição às propostas ruins do governo, coincidir em votos: é o que 'aproxima, às vezes, PSOL da posição de direita. Outra coisa é o acordo deliberado entre partidos supostamente "inimigos" (PT, PSDB, DEM) para conduzir outro partido (PMDB) à Presidência", publicou em seu Twitter.

Política