PUBLICIDADE
Topo

Política

Senado terá votações de segunda-feira a sexta-feira, afirma Renan

Do UOL, em Brasília

02/07/2013 17h28

Os senadores trabalharão votando leis de segunda-feira a sexta-feira a partir desta semana até o recesso parlamentar, disse o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), durante a sessão plenária desta terça-feira (2).

Renan condiciona recesso à votação de agenda positiva

O recesso parlamentar está previsto para começar no dia 17, mas na semana passada Calheiros afirmou que poderia ser adiado caso os senadores não consigam votar toda a "agenda positiva" proposta por ele na semana passada em resposta aos protestos país afora. "Trabalharemos ininterruptamente até o recesso. Não há possibilidade de não votarmos os temas previstos", afirmou nesta terça-feira o presidente da Casa. De acordo com ele, as ordens do dia começarão a ser debatidas às 17h nas segundas-feiras e às 10h nas sextas-feiras.

Na semana passada, o Senado aprovou proposta que transforma a corrupção em crime hediondo. Nesta terça-feira, está prevista a votação da obrigatoriedade de Ficha Limpa para funcionários públicos e a destinação dos royalties do petróleo para a Educação e Saúde (75% e 25%, respectivamente). Para esta semana, ainda está prevista a votação do projeto de passe livre no transporte público para estudantes em todo o Brasil.

Normalmente, as sessões do Senado acontecem de terça-feira à quinta-feira, mas desde a onda de protestos que tomou conta das principais cidades do Brasil a maioria dos senadores tem ficado em Brasília durante toda a semana.
 

Política