Lula usa jatinho "palco" de propinas para Eduardo Cunha

Márcio Neves

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Ladeira/Folhapress

O jatinho utilizado pelo ex-presidente Lula na tarde desta quarta-feira (16) para retornar para São Paulo após reuniões em Brasília que resultaram em sua nomeação como ministro-chefe da Casa Civil foi a mesma aeronave citada na Operação Lava Jato pelo delator Júlio Camargo, da empresa Toyo Setal, como a utilizada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), como parte do pagamento de propinas.

A aeronave, um jatinho Cessna de prefixo PR-JET para sete passageiros e operado pela Reali Táxi Aéreo, foi utilizado por Eduardo Cunha diversas vezes e os voos foram pagos por Júlio Camargo, da Toyo Setal, para saldar uma dívida de uma propina de R$ 1 milhão sobre contratos de construção de navios-sonda da Petrobras.

Segundo investigação da Procuradoria-Geral da República, deste total de R$ 1 milhão, R$ 500 mil foram pagos pelo operador da propina, Fernando Baiano e os outros R$ 500 mil foram pagos por Júlio Camargo, sendo que R$ 200 mil teriam sido quitados em dinheiro e outros R$ 300 mil em créditos em voos de táxi aéreo, muitos deles na mesma aeronave utilizada pelo ex-presidente Lula nesta tarde.

Reprodução
Nota fiscal de serviços de voo do jatinho PR-JET como parte do pagamento de propina de Júlio Camargo para o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha

Renato Cerqueira/Folhapress
Jatinho PR-JET com ex-presidente Lula a bordo pousa no aeroporto de Congonhas

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos