PUBLICIDADE
Topo

Política

Apitaços e panelaços ocorrem em pelo menos seis capitais e em Brasília

Ex-ministro do Planejamento, Romero Jucá concede entrevista em um saguão do Congresso  - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Ex-ministro do Planejamento, Romero Jucá concede entrevista em um saguão do Congresso Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

23/05/2016 22h02

Em pelo menos seis capitais estaduais, mais Brasília, houve manifestações de moradores em protesto contra o governo de Michel Temer na noite desta segunda-feira (23). Foram ouvidos "panelaços" e "apitaços" em São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife, além da capital federal.

No Rio, onde aparentemente houve a mais ruidosa das manifestações, o panelaço durou 15 minutos no momento em que o "Jornal Nacional", da TV Globo, exibiu reportagens sobre a conversa gravada entre Romero Jucá (PMDB-RR), ministro do Planejamento, que decidiu se licenciar e será exonerado para reassumir a vaga de senador, e Sérgio Machado (PMDB-CE), político e ex-presidente da Transpetro.

Na Lagoa, em Ipanema, Laranjeiras e Copacabana (zona sul), e na Lapa (região central), pessoas saíram às janelas batendo panelas e gritando palavras de ordem contra Temer, classificado como "golpista" e "ladrão". Em Icaraí, bairro de Niterói, na Região Metropolitana, também houve protesto com gritos e buzinaço.

Em São Paulo, houve algumas manifestações no mesmo horário em bairros de classe média como Mooca e Pompéia. 

(Com Estadão Conteúdo)

Ouça trechos das conversas

UOL Notícias

Política