Datafolha: Russomanno lidera disputa à Prefeitura de São Paulo com 25%

Do UOL, em São Paulo

  • Antonio Araujo- 19.ago.15/Câmara dos Deputados

    O deputado federal Celso Russomanno lidera disputa pela Prefeitura de São Paulo

    O deputado federal Celso Russomanno lidera disputa pela Prefeitura de São Paulo

Na primeira pesquisa do instituto Datafolha sobre a disputa à Prefeitura de São Paulo deste ano, divulgada nesta sexta-feira (15), o apresentador de TV e deputado federal Celso Russomanno (PRB-SP) lidera as intenções de voto com 25%.

As próximas colocações estão emboladas por causa da margem de erro, de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Na ordem, vêm a senadora Marta Suplicy (PMDB), com 16%; a deputada federal Luiza Erundina (PSOL), com 10%; o atual prefeito, Fernando Haddad (PT), com 8%; o empresário João Doria Jr. (PSDB), com 6%; o deputado e pastor Marco Feliciano (PSC), com 4%; o vereador Andrea Matarazzo (PSD), com 3%; Levy Fidelix (PRTB) e Major Olímpio (SD), ambos com 2%; Marlene Campos Machado (PTB) e Ricardo Young (Rede), ambos com 1%. Brancos e nulos somaram 19%. Cerca de 4% se declararam indecisos.

Em um possível segundo turno, Russomanno ganharia com folga de todos os concorrentes testados na pesquisa. Contra Marta Suplicy, a vitória seria por 48% a 31% dos votos. Contra Erundina, a diferença seria maior: 54% a 29%. Russomanno também venceria Haddad (58% a 19%) e Doria (58% a 18%).

Sem Russomanno no segundo turno, a vantagem seria da ex-prefeita Marta Suplicy. Contra a também ex-prefeita Erundina, Marta teria 39% contra 33% de Erundina da intenção dos votos (empate técnico). Contra Haddad, a vitória seria por 44% a 24%. Contra Doria, a vantagem está em 48% a 24%.

Erundina, por sua vez, venceria o atual prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, por 42% a 25%. Contra Doria, a vitória seria de 44% a 24%. Em um décimo cenário cogitado, na disputa de segundo turno entre Doria e Haddad, a vitória seria do novato em eleições, por 34% contra 30% de Haddad.

Processo no STF

Contudo, Russomanno tem a possibilidade de não entrar na corrida eleitoral por conta de um processo contra ele no STF (Supremo Tribunal Federal) que pode torná-lo "ficha-suja".

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já se manifestou favorável à condenação por peculato (desvio de dinheiro público) do deputado federal. A defesa do parlamentar alega que ele é inocente. Se a Corte Suprema acatar suas considerações até agosto, prazo para registro das candidaturas, Russomanno não poderá se candidatar.

Segundo o advogado do pré-candidato, Russomanno disse se sentir mal com a condenação, mesmo sabendo ser inocente. "Sentei com o Celso, e a gente estava preocupado com a candidatura. Ele reafirmou a inocência e me disse: 'Como homem público me sinto mal. Queria devolver e mostrar minha boa-fé.'"

Por isso o Datafolha testou também um cenário sem Russomanno. Marta lidera, com 21%. O segundo lugar está embolado entre Erundina (13%), Haddad (11%), Doria (7%), Feliciano (5%) e Matarazzo (5%).

Os políticos presentes na pesquisa ainda são apenas pré-candidatos. Os partidos têm até o dia 15 de agosto para indicar seus candidatos oficiais. As convenções acontecem a partir de 20 de julho.

A pesquisa ouviu 1.092 pessoas entre 12 e 13 de julho. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número SP-02963/2016 e tem um nível de 95% de confiança. 

Rejeição

Segundo o Datafolha, 45% dos entrevistados disseram que não votariam em Haddad de maneira nenhuma. Feliciano, com 32%, e Marta Suplicy, com 31%, também aparecem entre os mais rejeitados pelos paulistanos.

Na sequência, aparecem Erundina (24%), Russomanno (22%), Doria (19%) e Matarazzo (14%).

O que os pré-candidatos à Prefeitura de SP postam no Facebook

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos