Maia diz há condições de votação e "encerrar assunto" até a noite desta quarta-feira

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

  • Pedro Ladeira/Folhapress,

    Rodrigo Maia preside sessão da Câmara em processo contra Michel Temer

    Rodrigo Maia preside sessão da Câmara em processo contra Michel Temer

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou que há condições de votar a denúncia contra o presidente da República, Michel Temer, no plenário da Casa nesta quarta-feira (2). Segundo ele, é preciso finalizar a questão até de noite.

"Fazer essa votação hoje e encerrar esse assunto na tarde, no início da noite de hoje. Acho [que há condições de votar nesta quarta]. O Brasil precisa de uma decisão da Câmara dos Deputados", declarou.

Após o encerramento do tema, afirmou, será possível reorganizar a pauta da Câmara e votar a reforma da Previdência, parada na Casa desde maio. A reforma é uma das prioridades do Planalto e uma das bases do governo Michel Temer. Para ele, depois é preciso "construir uma agenda que fale mais próximo ao cidadão" sobre segurança pública e saúde.

"Enquanto essa denúncia não tiver sido votada, não vamos conseguir reconstruir a agenda da Câmara e isso é fundamental", falou, ao acrescentar que todos os ritos foram respeitados até o momento. "A matéria está pronta para ser votada e é nossa obrigação votar ela hoje".

Questionado por jornalistas, Maia disse que ainda não conversou com Temer nesta manhã de quarta. O peemedebista chegou ao Palácio do Planalto por volta das 9h25, informou a assessoria da Presidência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos