Em protesto no STF, homem diz ter contratado "macumbeiro" contra Gilmar Mendes

Gustavo Maia

Do UOL, em Brasília

  • Gustavo Maia/UOL

    Protesto em frente ao STF no dia em que a Corte pode retomar julgamento sobre foro privilegiado

    Protesto em frente ao STF no dia em que a Corte pode retomar julgamento sobre foro privilegiado

No dia em que o STF (Supremo Tribunal Federal) retomou o julgamento da ação que pode levar à restrição das regras do foro privilegiado para políticos, cinco manifestantes protestaram contra ministros da Corte, na tarde desta quinta-feira (23).

Por conta do pequeno ato, foi montada uma barreira no acesso principal à Corte.

"Sigam o exemplo do juiz Sergio Moro", gritou um homem de camisa social, que disse ter contratado um "macumbeiro" contra o ministro Gilmar Mendes, do STF.

Trata-se do representante comercial Joaquim José Gomes e Silva, 50, que mora em Brasília é dono da página "Amor pelo Brasil", no Facebook, e "correspondente" do movimento "Avança Brasil".

Gustavo Maia/UOL
No dia em que o STF retomou julgamento sobre foro privilegiado, grupo pequeno de manifestantes fez protesto em frente à Corte

"Gilmar Mendes está sempre soltando bandido. Depender do macumbeiro que eu contratei, ele não vai viver muito tempo não", brincou, dizendo que era uma "força de expressão.

O manifestante defendeu que "ninguém" tem que ter foro privilegiado. "Eles estão legislando em causa dos amigos", declarou.

"Apoiamos incondicionalmente a Operação Lava Jato", completou Ray Alves, 55, criadora do "Movimento Rua Brasil", que já viajou para Curitiba e acampou na cidade em apoio a Moro.

Eles revezavam as diversas faixas exibidas diante do STF. Uma delas diz "Gilmar traidor" e outra que "uma país sem Justiça é um país na barbárie".

Outros três manifestantes, do "Vem pra Rua", estavam em outra entrada da Corte e exibiam uma faixa dirigida à presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia": "Cármen traidora".

Gustavo Maia/UOL
Joaquim José Gomes e Silva, 50, protesta no STF

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos