Operação Lava Jato

Mulher de Moro desativa página "Eu MORO com ele" no Facebook e pede voto "consciente"

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    O juiz Sergio Moro e a advogada Rosângela Wolff Moro, com quem é casado

    O juiz Sergio Moro e a advogada Rosângela Wolff Moro, com quem é casado

A advogada Rosângela Wolff Moro, casada com o juiz da 13ª Vara Federal do Paraná, Sérgio Moro, anunciou nesta quinta-feira (30) a desativação da página "Eu MORO com Ele", criada por ela no Facebook, em abril do ano passado. À época, a advogada afirmou que a página serviria para agradecer o apoio recebido pelo marido, que conduz os processos da Operação Lava Jato no Estado.

Hoje, em novo post, Rosângela agradeceu as quase um milhão de curtidas da página –pouco mais de 844 mil –e deixou aos seguidores "a minha mensagem de admiração, gratidão e respeito". Além da mensagem em vídeo, em que a advogada agradece também uma coadministradora da página, ela pediu ainda que os fãs lessem "essa mensagenzinha que está aqui embaixo".

No texto que acompanha o vídeo de agradecimento, ela afirma que "a página cumpriu seu papel" , que era o de "agradecer cada manifestação de apoio recebida" – que foi "fundamental pelos momentos difíceis", apontou.

Reprodução/Facebook
O post de despedida da página "Eu MORO com ele" no Facebook

A criação da página com as homenagens ao marido aconteceu na mesma época em que se discutia, no Congresso Nacional, o impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT). Moro foi alçado à condição de herói por parte dos manifestantes que foram às ruas, em cidades brasileiras, contra a petista. Por outro lado, passou à condição de vilão pelos simpatizantes de partidos contrários ao impeachment, como o PT.
 
"Meus dias de clausura ficaram amenos porque estive muito bem acompanhada por cada um de vocês", escreveu Rosângela, em forma de tópicos a serem lembrados pelos seguidores. "Todas, absolutamente todas as lembranças recebidas serão eternamente guardadas", disse, adiante, para completar: "A corrupção destrói nosso país"; "A justiça é para todos"; "O Brasil precisa de instituições fortes"; "O parlamento precisa se mostrar efetivamente contrário à corrupção".
 
A advogada defende ainda que "A lei não pode ser alterada para resultar em Impunidade" e pede ao leitor que "Vote consciente! Seu voto pode mudar muito, muito mais que a Lava Jato!"

Ao fim, prometeu "uma retrospectiva com os nossos melhores momentos".

Ano passado, ao se lançar na empreitada, Rosângela escreveu que decidira criar a página "diante das inúmeras manifestações que temos recebido".

As publicações da página divulgavam cartas, mensagens, fotos e cartazes em homenagem ao juiz. Na foto de capa, por exemplo, um homem segura um cartaz onde se lê "'Moro' de amor por você".

Nos comentários do post de hoje, pouco depois das 20h, os comentários variavam basicamente entre pedidos para que a página não seja desativada, com a mensagem "#FicaRosangelaMoro", e agradecimentos efusivos à conduta do juiz –o qual, pediram seguidores, "não pode esmorecer".

Reprodução/Facebook
A advogada Rosângela Moro também postava na fanpage fotos com o marido, o juiz Sergio Moro

Juiz também é alvo de críticas

Apesar das mensagens de apoio, Moro é alvo frequente de críticas por figuras como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) –que ele condenou, em julho, no caso do tríplex do Guarujá (SP).

No último dia 21, em Curitiba, um grupo de procuradores municipais de Curitiba desistiu de participar do Congresso Nacional da categoria devido à presença do magistrado na abertura do evento. Ao ser confirmado o nome de Moro, 72 procuradores municipais assinaram uma nota endereçada ao presidente da Associação Nacional dos Procuradores Municipais (ANPM), Carlos Mourão, para manifestar a insatisfação do grupo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos